quinta-feira, 28 de março de 2013

Álbum de Selos do Brasil Grátis para Download/ Brazil Stamp Album Free Download

Estou disponibilizando, gratuitamente as folhas do álbum de selos do Brasil, feitos por mim. Podem ser baixados e copiados a vontade. Seguem a numeração do catálogo RHM (www.oselo.com.br) e está em português.
Como, ainda, não tenho todos os selos do Brasil, alguns quadros podem apresentar dimensões erradas (apesar do máximo cuidado na confecção do mesmo). Caso encontre algum erro (tamanho ou informação), por favor informe que farei as correções necessárias.

I am providing here a Brazil stamp album made ​​by me. It can be downloaded and copied for free. I use RHM numbering (www.oselo.com.br) and is in Portuguese.
As I don´t have all the stamps of Brazil, some frames may have wrong dimensions (despite my effort  in using right dimensions). If you find any error (data or size), please let me know and I´ll make the necessary corrections.



1843-1889
1889-1899
1900-1950 (atualizado em 26/04/2015)
1951-1969
1970-1979
1980-1989 (atualizado em 15/04/2016 - página 17)
1990-1999
2000-2009 (atualizado em 17/09/2016 - página 6)
2010
2011
2012 (atualizado em 11/02/2014)
2013 (atualizado em 30/04/2015)
2014
2014 - peças especiais
2015 (atualizado em 21/02/2015)
2015 - peças especiais 
2016
2016 - peças especiais
2017 (atualizado em 25/02/2018)
2017- peças especiais
2018 (atualizado em 29/03/2019)
2018 - peças especiais
Jornais
Oficiais
Taxa Devida (atualizado em 06/01/2016)
Depósito
Personalizados 2000-2012
Personalizados 2013
Personalizados 2014
Personalizados 2015
Personalizados 2016
Folha selos personalizados básicos
Condor Syndikat
E.T.A. - Empresa de Transportes Aéreos
VARIG
Zeppelin
Telégrafos / Telegraph
Selos Etiquetas

177 comentários:

  1. boa noite vai ter o album de 2012?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai sim. Acredito que até o final do mês consiga terminá-lo.

      Excluir
    2. aqh eu tava colecionando no álbum do Marek

      Excluir
  2. boa tarde, gostaria de uma dica sua, qual papel e gramatura da folha que ficaria boa para impressão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ideal é um papel com gramatura maior (170/180g ou mais). Eu comecei utilizando um papel de maior gramatura, mas desisti. Hoje eu utilizo papel 75g, coloco os selos em protetores (hawid) e coloco as folhas em sacos plásticos 4 furos e vão para uma pasta fichário. Para mim serve, mas se não quiseres utilizar bolsas plásticas, ai vai ser necessário utilizar folhas de maior gramatura.
      Abraços
      Rafael

      Excluir
    2. Estou usando papel com a gramatura de 90g e ficou excelente.

      Excluir
    3. José, é isso aí. Valeu
      Abraços

      Excluir
  3. não to conseguindo ver as paginas diz que o adobe não pode abrir num único quadro..como faço aguardo resposta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa mensagem aparece em algum arquivo específico? Me passe o arquivo que está dando erro que vou verificar se há algum erro. Se for em todos, acredito que o problema possa ser na versão do Adobe Acrobat instalado no seu computador, pois para mim abre normal. Talvez tentando atualizá-lo (guia Ajuda e Verificar atualizações) possa resolver.

      Excluir
    2. Permita-me ajudá-los: consegui abrir, com muita facilidade, utilizando o aplicativo Foxit Reader. É muito "leve", fácil de encontrar e baixar, mesmo porquê, trata-se de programa gratuíto (Deus abençoe a Comunidade OpenSource!). Abraços.

      Excluir
    3. David, obrigado pela dica. Sempre é bom fugir do produtos das grandes corporações, pois geralmente são lentos e pesados.
      Abraços

      Excluir
    4. Legal, Rafael.
      Vi que você já disponibilizou o ano de 2012. Entendi que você se baseia no Catálogo da RHM e nas peças que possui. Mas, existe uma página no site dos Correios, "Amo Filatelia" (http://www.correios.com.br/selos/selos_postais/selos_2012/selos2012.cfm, já o conhece?), que tem todas as emissões brasileiras de 1997 até 2012. Clicando em "Veja o Selo" você tem informações interessantes sobre a peça e, também, a área do desenho e a dimensão do selo, em milímetros. Espero ter ajudado um pouco mais.
      Abraços.

      Excluir
    5. David, valeu por lembrar desta dica. Já conhecia este espaço no site dos Correios, e volta e meia me socorro para conferir algumas informações dos selos. Uma pena que não tenha de emissões mais antigas. Neste ponto o site dos Correios poderia ser um pouco mais "filatélico", não acha?
      Abraços

      Excluir
    6. Rafael, ainda sobre este assunto, escrevi para os Correios: "Sou filatelista iniciante e recorro, freqüentemente, à página dos Correios que traz as emissões de todos os selos de determinado ano. Só que, no site, estão disponíveis somente os anos de 1997 a 2012. Para os anos anteriores, teria que consultar catálogos de particulares, como o RHM. Entretanto, um catálogo desse tipo, do ano corrente, é vendido por R$ 220,00. Muito caro, não acham? Lembro que, além do catálogo, temos que adquirir classificadores/álbuns, protetores plásticos e os próprios selos, além de assessórios, como pinças, lupa etc. Muito dinheiro para uma atividade que é dita ser não muito cara..." e veja o que eles responderam: "Senhor David, Para o senhor que mora em São Paulo há a possibilidade de consultar o Catálogo RHM na Agência Filatélica D. Pedro II, no prédio Histórico dos Correios, situadoo no início da Av. S. João. Outra possibilidade é consultá-lo com outros colecionadores, com comerciantes filatélicos ou em Associações de Filatelistas, como a SPP, situada no Largo Paissandú."
      Abraços a todos.

      Excluir
    7. David, não sabia que alguma agência filatélica tinha catálogos a disposição... muito interessante. Mesmo assim, poderiam ter um pouco mais de informação no site, mas vindo de um orgão público, no Brasil, acho que teremos que conviver com isso.
      Um grande abraço
      Rafael

      Excluir
  4. olá , gostaria de deixar uma sugestão, Rafael, pq vc não faz as paginas dos selos personalizados, dai fica a critério de cada colecionador se coleciona ou não.att

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sp, eu fiz elas separadas, estão abaixo do "Taxa Devida". O único detalhe é que eu fiz sem a vinheta personalizada. Espero que gostes.
      Abraços

      Excluir
    2. bom dia, não tinha visto acredita, kkkk, mas é melhor assim, vou colecionar assim tbem, abçs

      Excluir
    3. Mea culpa, também não coloquei em uma ordem muito lógica,hehehe.

      Excluir
  5. Apesar de 40 anos que guardo selos dos envelopes, estou começando a me organizar, achei marivilhoso seu trabalho, gostaria num futuro breve, voltar a relacionar-me com objetivo de permutas de selos,para melhorar minha coleção e ficar a disposição do colega também, abraços valdemar@vj.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valdemar, muito obrigado pelos elogios. Também espero que possamos fazer trocas. Assim que eu me organizar, quero abrir um tópico para trocas.
      Um grande abraço
      Rafael

      Excluir
  6. bom dia rafael, estou montando minha coleção nesse seu álbum,assim q terminar vou ver as coreç~es e te falo ok, abraços
    Elton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elton, obrigado pela ajuda. Quando tiver terminado, gostaria muito de ver sua coleção.
      Um grande abraço
      Rafael

      Excluir
  7. Olá Rafael!
    Coleciono selos desde criança mas so agora estou entrando mesmo nesse mundo.
    Achei seu album o máximo e devo usa-lo na minha coleção!

    Estou querendo montar um album para a belgica também, vc poderia me dar dicas de como faz o seu album? Que programas , que catalogo...

    Muito obrigado
    Abraços
    Patrick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrick, que bom que gostou do álbum, faça bom proveito. Referente a como fazer, é simples e não é, hehehe. Eu utilizo o programa Corel Draw, programa específico para editoração, mas para quem não conhece, um pouco complicado. Dá para usar o Word mesmo, dá um pouco mais de trabalho, mas o resultado final é semelhante. Tem alguns programas específicos para isso (tipo albumeasy), mas pessoalmente nunca utilizei. Para fazer um album, é preciso fazer os retangulos no tamanho de cada selo, o que, sem o selo, dá um pouco de trabalho, e colocar as informações que desejas sobre cada selo/emissão. Existe um site (http://www.stampalbums.com/) que tem albuns para diversos países, só que é em inglês. O custo até que é bem razoável, no meu ponto de visto (US$ 30,00 por acesso de um ano).
      Espero ter ajudado.
      Abraços
      Rafael

      Excluir
    2. Oi Rafael, desculpa nunca ter respondido.
      Entendi... cheguei a ver o albumeasy e o Stamp Page Creator, ambos sao "faceis" de usar mas realmente, criar uma folha ja requer um bom tempo de dedicacao... fiquei imaginando esse album todo que voce fez!! Impressionante!

      O "ruim" do site que vc passou eh que eles usam o scott como catalogo ne... No caso da belgica pensei em seguir o catalogo oficial da belgica. Nos outros podia ate ser o scott.

      Mas perguntando sobre o papel, que tipo de papel vc usou para imprimir? Depois vc colocou naquelas "bolsas" plasticas e depois num fichario?

      Abracos,
      Patrick

      Excluir
    3. Patrick, realmente criar álbuns de selos dá um trabalhão (mas é divertido, hehehe). Sobre o stampalbum, como o autor é americano, ele se baseou no Scott (que é o catálogo principal utilizado por lá). Tecnicamente, seria inviável alguém fazer albuns baseados nos catálogos de cada país, primeiro pela dificuldade da língua, e segundo, pela dificuldade e custo de se adquirir diversos catálogos (sinceramente, nem sei qual é o catálogo "oficial" da Bélgica). Infelizmente, neste caso, ou se adapta ao Scott, ou tentas fazer o próprio álbum. Uma sugestão seria procurar algum fórum de filatelia da Bélgica e ver se alguém tem ou já o fez. O problema, provavelmente, é que o álbum será na língua deles (francês ou holandês). Eu ia passar trabalho. Eu utilizo papel sulfite normal, gramatura 90gr, e coloco em bolsas plásticas e arquivo em fichários. O ideal é utilizar um papel de maior gramatura e, de preferência, "acid free", mas como tive dificuldade em encontrar este tipo de papel, e em função de custos, acabei usando o papel normal.
      Abraços
      Rafael

      Excluir
  8. Rafael, boa noite, acabei de montar minha coleção nesse álbum de sua criação, percebi q acho, que faltaram três selos, segue abaixo:
    selo 344 - selo pan-americano sobretaxado de 1930, SP01-defensores da natureza-1996 - c2419 - dia nacional da consciência negra- 2001. esses três não estaum no álbum, e dos selos autômatos, selos etiquetas você não vai fazer álbum, ah no ano de 1975, tem uma pagina q falta a data 1975, está no meio da pagina. ah rio mais 20 o bloco esta com quadrado menor o bloco é grande.Por enqto apenas essas correções que percebi, abraços, Elton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elton, muito obrigado pelas observações, todas corrigidas. Referente ao selo "Defensores da Natureza" eu, infelizmente, deixei de fora. Acho a maior aberração da filatelia brasileira, e, de acordo com as regras da UPU, nunca poderia ser considerado um selo postal. Em primeiro lugar, custava mais de 30 vezes o porte básico da época (seria como hoje lançar um selo de R$ 30,00), e não servia para portear correspondência, e sim para pagar uma anuidade do clube Defensores da Natureza (o que é esse clube, sinceramente não faço a mínima ideia). Você nunca poderia utilizar este selo para enviar uma carta que não fosse a inscrição para este "clube". Já o selo Frisco, que é parecido, pelo menos, até onde eu sei, podia ser usado para qualquer correspondência, mas era obrigatório para participar da promoção da Frisco (que, se não me engano, era em parceria como Faustão). Pode até parecer meio radicalismo meu, mas o selo defensores da natureza não entra na minha coleção...
      Quanto aos selos autônomos/selos etiquetas, eu não coleciono. Se tiver a medida deles, até crio um album, sem problemas.
      No mais, muito obrigado.

      Abraços

      Rafael

      Excluir
  9. Rafael primeiramente parabéns pelo seu trabalho e por disponibiliza-lo, bom estou escrevendo para comentar sobre um erro que reparei que é o seguinte Álbum Brasil 1990-1999 pagina 27 B096 você digitou libro, espero que possa corrigir em breve. Outro comentário é sobre o leitor de arquivos PDF uso o Foxit Reader que em sua versão atual também esta disponível em Português alem de vários outros idiomas alem de ser bem mais leve.

    Abraços

    Alessandro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandro, obrigado pelos comentários. Vou tentar consertar esta semana o erro de digitação.
      abraços
      Rafael

      Excluir
  10. ola amigo, ja esta preparando a coleção de 2013 rsrsrsr, já estou na expectativa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que até a metade de fevereiro já esteja com o ano de 2013 pronto. Estou um pouco sem tempo, em função do trabalho. Está no forno, garanto que sai.
      Abraços

      Excluir
  11. ola amigão, vais fazer o suplemento de 2013? espero que sim
    abraços

    ResponderExcluir
  12. Vai sim, só estou um pouco sem tempo... tenho que dar uma atualizada no blog também, ficou jogado as traças, hehehe

    ResponderExcluir
  13. Rafael, é difícil encontrar pessoas tão generosas quanto você. Obrigado pelo seu esforço e competência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabio, obrigado. Que bom que achastes útil. Espero agora em fevereiro disponibilizar o álbum de 2013, só estou com pouco tempo para me dedicar a filatelia (e ao blog, também).

      Excluir
  14. Parabéns Rafael pelo belíssimo trabalho !!!! eu estava criando o álbum de selos do Brasil mas devido a falta de tempo parei e encontrei seu blog que é de tamanha importância para os filatelistas de todo mundo !!! gostaria que visitasse meu blog http://capasemserie.blogspot.com.br/ pois faço tb um trabalho parecido com o seu que é de ajudar aos amigos colecionadores de filmes e series antigas encontrar as capas para seus DVD tb sem custo algum afinal temos que ajudar os outros amigos e não explora-los nê - abraços _ marcos

    ResponderExcluir
  15. Marcos, obrigado, que bom que tenhas gostado. Parabéns pelo seu blog também, trabalho bem interessante. Já coloquei nos favoritos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Excelente trabalho, enquanto tem gente que vende o Rafael se propôs a ajudar outros. Parabéns.

    ResponderExcluir
  17. Eu estou com uma dúvida: eu devo imprimir e furar para colocar em um fichário tipo 2 ou 4 furos, ou devo colocar dentro de envelopes plásticos em uma pasta? abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, as duas opções são válidas. Na primeira opção, é imprescindível utilizar uma folha de gramatura maior, mas pessoalmente acho grande o risco dos selos caírem dos protetores. Eu pessoalmente utilizo a segunda opção, e acabo utilizando papel de gramatura menor, o que acaba diminuindo custos e o volume ocupado.
      Abraços

      Excluir
  18. Rafael, parabéns pelo grande trabalho! Muito bem feito este álbum. Você ajudou a transformar minha coleção de selos em algo "profissional", já que antes eu os guardava apenas em classificadores. É bom ver que minha coleção do Brasil não está assim tão incompleta, rs... E agora, quando vejo os espaços ainda vazios, me dá mais empenho em tentar preenchê-los. Muito obrigado pela sua generosidade em dividir este trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique, que bom que gostastes. Realmente uma coleção em álbum é outra coisa. Eu percebi isso quando mostrei os 5 classificadores que tinha, no início, para meus familiares, e eles olharam rapidamente e colocaram de lado com um "interessante". Quando mostro um álbum, com explicação de cada emissão, mesmo breve, acabam olhando com mais interesse.
      Abraços

      Excluir
  19. Prezado Rafael, eu consegui um selo de depósito (série catalogada no RHM como D-1 a D-96), e ao colocar em seu excelente álbum, não encontrei esta seção. Será que estou "comendo bola", ou você não criou mesmo uma seção para os selos de depósito? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique, não fiz porque não tinha (e ainda não tenho, hehehe) nenhunzinho para tirar as medidas para fazer os quadros. Terias como me passar que este mês ainda eu monto as folhas.
      Abraços e obrigado.

      Excluir
    2. Legal. O selo que consegui foi o D-6. Ele possui 3,2cm de largura e 2,5cm de altura. Pelas fotos do catálogo, e algumas que vi na internet, parecem que todos são do mesmo tamanho. Fico mais na dúvida dos selos D-94 a D-96, que tem um padrão diferente, e não enocntrei na internet. Nestes 3 itens, acho que convém fazer a moldura um pouco maior na largura. Obrigado!!

      Excluir
    3. Henrique, obrigado. vou trabalhar esta semana e coloco no assim que possível. Abraços e obrigado pela ajuda.

      Excluir
  20. Parabéns pelo blog! Está me ajudante bastante na organização dos meus selos.

    ResponderExcluir
  21. Luiz, que bom que gostastes.
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. Coleciono em classificador, mas no álbum é bem melhor.
    Vou imprimir.
    Belíssimo trabalho.
    Viva a filatelia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. César, minha coleção mudou quando passei a colocar os selos em álbuns. Dá outra cara, e torna ela mais atraente (na minha opinião, é claro).
      Abraços

      Excluir
  23. Pessoal, alguém aqui já comprou classificador ou as páginas de fora, importadas? Pesquiso algumas coisas no Ebay e na Amazon mas fico com receio de ter taxação ou até ter algum problema por causa do peso.
    Aceito indicações de locais pra comprar tb.

    Obrigada.
    Andreia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andreia, nunca comprei, mas conheço alguns amigos que compraram há algum tempo atrás e não tiveram problemas, mas foram de lojas on-line, não do Ebay. Quanto a ter taxação, não sei. o que sei é que livros não tem taxação, mas não sei como isso pode ser classificado, fica meio no que o fiscal achar (se cair na fiscalização). Quanto ao custo de envio, tem que ter o cuidado para o custo não ficar mais caro que o valor do produto.
      Abraços

      Excluir
  24. Rafael,
    Parabéns pelo trabalho e obrigada por disponibilizar! Coleciono quadras cbc e estou tentando organiza-las em "álbum" e seu blog foi de muita ajuda!
    Mais uma vez, parabéns!!!
    Giselle

    ResponderExcluir
  25. Olá, Rafael.
    Estou organizando as peças que possuo da 1ª metade do século XX e deverei usar as folhas que você gentilmente disponibilizou. Grato a você por isso! Entretanto, verifiquei uma divergência entre o seu trabalho e os dados do catálogo RHM 2008, 56ª edição: logo na 1ª página do seu álbum, você incluiu os selos C-5 e C-6 como sendo emitidos em 1907, mas no RHM eles aparecem como sendo de 1906.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. David, obrigado pelo alerta. Corrigido o arquivo, pelo que faça novamente o download. Erro de digitação. Abração.

      Excluir
  26. Rafael,
    Parabéns pelo trabalho e iniciativa de disponibilizar o álbum aos interessados, coleciono selos do Brasil, estavam em classificadores, os álbuns são muito caros, imprimi em papel gramatura 170g/m2, ficou perfeito.
    Obrigado!!

    ResponderExcluir
  27. Para quando folhas parafolhinhas filatélicas?
    Parabéns.JO. Portugal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JO, infelizmente não coleciono folhinhas filatélicas (na verdade nunca tive nenhuma em mãos, hehehe). Não tenho como fazer um álbum se as dimensões de todas as emissões. Se tiveres como passar estas informações, posso montar um álbum, sem problemas. Caso tenha, por favor entre em contato.
      Abraços

      Excluir
    2. Rafael,no catalogo RHM encontra a descrição de todas as folhinhas; cabem todas no formato das suas folhas.Mãos à obra que o seu álbum é extraordinário e eu preciso guardar as minhas folhinhas tão bem quanto o resto.Mais uma vez parabéns e obrigado. JO Portugal

      Excluir
    3. JO, se o amigo conseguir as dimensões de todas as folhinhas (cód. RHM, larg e altura), eu consigo fazer as folhas, sem problemas. Sem as medidas, infelizmente não tenho como fazer, visto que não coleciono e não tenho nenhuma (e como elas tem dimensões diferentes, fica difícil estimar um tamanho).
      Abraços
      Rafael

      Excluir
  28. Olá Rafael
    Me ajude por favor. Ganhei a coleção de selos da minha mãe a mais de 20 anos e agora resolvi cuidar deles. Não entendo muita coisa de armazenamento deles. Se eu imprimir as folhas que vc disponibilizou pra ser baixadas, como prendo os selos a ela? Os selos precisam ser colados nos respectivos espaços? Vou guardá-los em uma pasta com folhas plásticas. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renan, tudo bem? Existe duas formas de fixar os selos no álbum. A primeira seria com charneira, um adesivo em forma de L que é colado atrás do selo e depois colado no álbum, mas está em desuso e não é muito recomendado, pois selos novos após os anos 60 perdem o valor filatélico (acabam valendo o valor do selo usado, ou menos, em alguns casos). O que se usa hoje são os protetores. Há diversas marcas, a mais famosa é a Hawid (muitos colecionadores chamam esses protetores de Hawid, independente da marca). É uma fita de um material plastico especial duplo, com uma abertura na parte de cima e fechado na parte de baixo. Coloca-se o selo dentro, corta do tamanho correto e cola esse protetor no álbum. Desta forma, pode-se tirar o selo do álbum, troca-lo por outro melhor, sem problemas. Existem com fundo preto e fundo transparente. Eu pessoalmente prefiro com fundo transparente, mas a maioria do colecionadores parece preferir o com fundo preto, pois dá mais destaque ao selo. Pode ser adquirido em qualquer filatélica. Eu geralmente compro na filatelia77.com.br, da marca Maximaphil, mas isso fica a seu critério. No link http://mystampcollectionbrazil.blogspot.com.br/2013/07/colecao-de-selos-do-brasil-brazil-stamp.html mostra minhas folhas do império com os protetores.
      Abraços, espero ter ajudado.

      Excluir
  29. Obrigado Rafael! Comprei Hawid da Maximaphil em 3 tamanhos hoje na Filatelia Rio de Janeiro. Aproveitei e comprei alguns selos :) . Comprei um lote de 840 selos da Espanha com algumas coleções completas nele. Como consigo algo parecido com seu trabalho com selos da Espanha? Mais uma vez obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renan, que bom que consegui ajudar. Referente a álbum da Espanha, tem o site www.stampalbums.com, que tem da grande maioria dos países, mas é pago (não acho caro, pelo trabalho que dá fazer um álbum (US$ 30,00 por ano, e podes baixar o que quiser).
      Encontrei este site (http://stampsellos.com/#ESPA%D1A__SPAIN), não sei se está completo ou se é de qualidade, e está em espanhol, mas ajuda a organizar a coleção.
      Abraços

      Excluir
  30. Boa tarde!

    Rafael, parabéns pelo seu trabalho... muito bacana!

    Gostaria de saber se você poderia fornecer / vender o álbum editável... já comprei de um que vende no ML em formato WORD, mas é muito ruim de mexer... eu tenho várias 'manias' com o álbum e gosto por exemplo, de colocar o número RHM fora da caixa do selo... além de colocar mais espaços para selos diferentes / variedades... Eu não tenho intenção alguma de fazer dinheiro com ele, tanto que já tenho este editável há mais de 1 ano (tá pra vender no ML até hoje) e eu não fiz modificação alguma pra me beneficiar financeiramente... Posso ainda te enviar futuras e eventuais modificações e você publica aqui, como já faz com este de hoje... o mérito é e será exclusivamente seu...

    Independente do resultado, novamente obrigado por disponibilizar pra gente todo esse conteúdo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Pena que não se identificou, hehehe. Por favor, entre em contato pelo formulário de contato com seu email para conversarmos.
      Abraços
      Rafael

      Excluir
  31. Carlos André Azambuja18 de agosto de 2015 19:19

    Rafael,
    Depois de aproximadamente 25 anos eu volto a colecionar selos...
    Talvez seja a "crise dos 40 anos"... rsrs...
    Estas folhas para meu álbum foram um verdadeiro presente.
    Muito obrigado por compartilhar com a gente sua competência.
    Ah, uma dúvida: você indica algum fichário?
    É porque vou seguir sua sugestão: colocar as folhas em plásticos e depois no fichário.
    Abraços e mais uma vez obrigado!
    Carlos André - São Carlos/SP.

    ResponderExcluir
  32. Bom dia, tem previsão pro álbum de 2015? Abraços, Roberto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto, quando terminar o ano, começo a trabalhar no álbum de 2015. Antes disso, fica complicado, sem saber o que realmente será lançado.
      Abraços
      Rafael

      Excluir
  33. Valeu Rafael, vou esperar ansiosamente. Obrigado e parabéns pelo belíssimo trabalho.

    ResponderExcluir
  34. Rafael, existe a possibilidade de você disponibilizar o álbum pra selo etiqueta? Mais uma vez parabéns pelo excelente trabalho e pela disponibilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto, eu não coleciono selos etiqueta, mas seria bem fácil de fazer, SE eu tivesse as medidas de cada um. Se tiveres e puderes me passar, faço sem problemas. Vou dar uma pesquisada na internet e ver se descubro as dimensões destes selos. Se eu conseguir, disponibilizo o álbum.
      Abraços
      Rafael

      Excluir
  35. Respostas
    1. Március, tudo bem? o selo 699 está no ano de 1991 porque é da "mesma série" do 683. Sei que não é bem uma série, mas eu achei melhor deixá-los juntos, assim como outras séries de selos regulares, emitidos em anos diferentes mas colocados juntos no álbum. Foi uma escolha que eu fiz, mais por estética.
      Abraços, e obrigado pela participação
      Rafael

      Excluir
  36. Rafael, então recuperei nesta semana a coleção de selos de meu pai e volto a colecioná-los após 20 anos (bem nostálgico isto) encontrei este seu álbum enquanto procurava algum catalogador para guardar os selos, devo dizer que seu trabalho deu uma outra visão para a coleção de selos (até parece que estou colecionando figurinhas do brasileirão :P)

    Quanto a pergunta anterior realmente quando comecei a colocar os selos verifiquei que sua disposição ficou bem mais agradável de se expor está um trabalho incrível.

    Estou utilizando as tiras protetoras maximaphil e gostaria de saber se você teria como disponibilizar um arquivo apenas com os tamanhos/moldes dos quadrados do album existentes, facilitando o devido ajuste das tiras.

    Desde já agradeço muito pela sua iniciativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Március, tudo bem? Infelizmente não tenho essa informação a mão. Vou fazendo de acordo com as medidas dos selos, mas não deixo gravado isso. O que eu faço é colocar o selo dentro do protetor e cortar com uma margem de 2 ou 3mm. Já fica praticamente no tamanho do quadro (que é para ter 5mm a mais em cada lado).
      Abraços
      Rafael

      Excluir
  37. Grande Rafael, parabéns pelo trabalho, mas tem que aumentar um pouquinho a largura dos selos b187 e b 188 veleu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Március, tudo bem? Obrigado pelo alerta. Terias como me passar as dimensões dos blocos? Como no edital não informa o tamanho de cada um (só o tamanho de cada selo), e eu ainda não consegui adquiri-los, fiz meio no chute.

      Excluir
    2. Desculpa a demora na resposta, estava de ferias e não tinha visto, eles tem 138 X 85, pode aumentar também um pouquinho o tamanho do B104, ele tem 99 X 69

      Excluir
    3. Atualizada página 8 do álbum 2015. Obrigado Március.

      Excluir
  38. Parabéns pelo seu trabalho. Qualidade excelente. Estou voltando com esse hobby agora, depois de vários anos parado e adorei conhecer o seu blog. Meu nome é Luis Carlos. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luis Carlos, que bom que gostou. Se tiver alguma sugestão para melhorar, estou a disposição.
      Abraços, Rafael

      Excluir
  39. Rafael bom dia, estava precisando criar um álbum de selos pra Guiné Equatorial, tipo este do Brasil que você fez, mas queria sua ajuda para saber qual programa usa e como definir o tamanho dos quadrados. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto, tudo bem? Eu utilizo o programa Corel Draw, mas qualquer programa de editoração eletrônica serve muito bem. Também dá para fazer no Word, mas como ele não é um programa específico para isso, dá um pouco mais de trabalho para fazer os quadros/molduras, e diagramar, mas dá para fazer. Sobre o tamanho dos quadros, infelizmente só tem uma forma de fazer isso. Medir selo por selo e aí fazer os quadros (eu uso 5mm a mais de cada lado). Não conheço nenhum site que já forneça essas informações (o colnect tem alguma coisa, mas não de todas as emissões), então fica um pouco mais complicado. Eu também coleciono selos do mundo todo e uso como base o album do Steiner (stampalbums.com), mas mesmo assim, não é 100% completo, principalmente dos países considerados campeões de emissões abusivas (que é o caso da Guiné Equatorial). Neste caso, o que eu faço é o seguinte: vou montando somente as páginas dos selos que já tenho. Se tenho um selo de uma série, meço ele, consulto geralmente o colnect ou algum catálogo de selos (o michel é bem mais completo) e monto a folha desta série. Também verifico se tem algum selo em posição invertida (como por exemplo, todos os selos da série são verticais, e apenas um horizontal), pois eles geralmente tem as mesmas dimensões.
      Espero ter ajudado.
      Abraços

      Excluir
  40. Rafael, um pequeno equivoco, na pg 17 do arquivo 1980-1989, consta duas vezes o selo c-1268 , na verdade o primeiro seria c-1266!!! valeu

    ResponderExcluir
  41. Prezado amigo,

    Escrevo apenas para lhe parabenizar pelo trabalho fantástico e pelo espírito altruísta em compartilha-lo com outros colecionadores. Meus parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  42. Rafael, Maravilhoso o teu trabalho, até me incentivou a voltar a mexer na minha coleção. Parabéns !!!

    ResponderExcluir
  43. Bom dia!
    Você tem alguma noção de quando sairá as páginas de 2016?
    Gosto muito do seu trabalho! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marry Sims, só vou poder trabalhar no álbum de 2016 quando encerrarem as emissões. Depois disso geralmente levo um ou dois meses para montar as páginas.
      Abraços

      Excluir
    2. Ah sim obg! Estou tentando dar continuidade a singela coleção que minha avó materna me deixou. Estou adquirindo alguns aos poucos, mas tive muito trabalho para decolar os antigos selos dela do velho álbum onde ela colou. poderia me orientar como posso armazená-los nas folhas de álbum que você fez? pq estava pesquisando sobre filatelia e vi que não é recomendado colar novamente os selos já descolados. Como posso fazer para armazená-los nas folhas?
      Desde já obrigada!

      Excluir
    3. Marry Sims, existem duas formas de se fixar os selos em álbuns: a mais barata é utilizar charneiras, que são pequenos adesivos em formato de "L". Uma ponta é colada no selo e a outra no álbum, mas é consenso hoje evitar a utilização delas, pois se forem selos novos, vão ficar marcas na goma e reduzir seu valor. Se forem apenas selos usados, ou de baixo valor, não vejo grande problema em utiliza-las. A segunda forma é utilizar protetores para selos (alguns chamam de Hawid, que na verdade é uma marca alemã que os fabrica). São tiras de plástico (com fundo preto ou transparente) fechadas na parte de baixo, formando uma espécie de "bolsa", que é recortada no tamanho do selo e colada no álbum. Desta forma, pode-se trocar o selo por outro melhor, ou tirar para analisar algo, e recolocar no lugar, sem problemas. Eu utilizo, nos meus álbuns, estes protetores.
      Qualquer outra dúvida, estou a disposição.
      Abraços

      Excluir
  44. Caro Rafael, o bloco B116 do ano 2000 está com as medidas erradas, o bloco possui 8,5 X 14 .
    Att.

    ResponderExcluir
  45. Prezado Rafael, Andes de mais nada, obrigado pela disponibilização do catálogo, o qual certamente consumiu muitas horas de trabalho e dedicação suas. Parabéns. Também estou retomando os cuidados com uma coleção antiga que tinha e estou com uma dúvida: muitos selos são emitidos, às vezes no mesmo ano, com diferenças sutis, tais como espessura de papel, denteado, etc. Por exemplo, no catálogo Colnect o Olho de Boi foi emitido em 1843 com duas espessuras de papel diferentes, mas a folha do seu catálogo reserva apenas um lugar para cada valor do Olho de Boi. A minha pergunta é: é costume dos coleciondores desprezarem estas pequenas diferenças e colocarem na coleção apenas um selo de cada tipo? Também existem selos novos e usados. É costume fazer um álbum para cada um deles?
    Grato pela sua atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mário tudo bem. Desculpe a demora em responder. Sobre as variações, dependerá de qual tipo de coleção vais montar. Se for apenas o selo tipo (a grande maioria), podes desprezar esse detalhe (apesar de que sempre é bom saber o que tens, principalmente nas emissões do império, dependendo da variedade, podes ter um pequeno tesouro em mãos).
      Se pretender montar uma coleção avançada, aí sim é importante estar atento a estes detalhes. Pessoalmente, até por questão de investimento, não procuro estas variedades, pois os valores geralmente são altos (e para quem ainda está tentando ter um selo de cada tipo do império, ainda vai levar um bom tempo para tentar me tornar um colecionador avançado).
      Eu, pessoalmente, guardo separado todas as variedades que encontro, e vou catalogando-as, e, quando não encontro referência em algum catálogo, faço minhas anotações.
      Abraços, e espero ter esclarecido duas dúvidas.

      Excluir
  46. Prezado Rafael,
    O seu trabalho é formidável. Parabéns.
    Você falou que se não quiser utilizar bolsas plásticas, precisaria imprimir em papel de maior gramatura.
    Mas como faria para manusear as páginas? Ou teria que usar um papel de dimensões maiores tambem?
    João

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, desculpe pela demora em respoder. Independente de usar ou não bolsas plásticas, é imprescindível utilizar os protetores (ou Hawids), mas sem as bolsas, o cuidado deve ser redobrado ao manusear as folhas, pois os selos podem cair, mas a folha seria do mesmo tamanho, não muda nada.
      Abraços

      Excluir
  47. Prezado Rafael.
    O seu trabalho é formidável. Parabéns!!
    Você mencionou algo sobre a não utilização de bolsas plásticas para papel de 170 ou 180 grs. Mas aí precisaria furar o papel, certo? Os selos não cairiam? Ou eu entendi errado?
    Abraços
    João

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, exatamente isso. Sem as bolsas plásticas, deverás furar as folhas (sugiro antes de colocar os selos), mas tem sim o risco dos selos cairem dos protetores. Neste caso, o ideal seria utilizar um modelo importado (não sei quem é o fabricante) que é fechado embaixo e em cima.
      Abraços

      Excluir
  48. Olá,

    Aguardo ansiosamente o lançamento do Álbum 2016!
    Parabéns pelo trabalho. Utilizo teu Álbum para minha coleção e, certamente, teu trabalho me estimulou a me dedicar mais a um hobby que tinha abandonado e que retomei com muito gosto.

    Atenciosamente,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpe pela demora em responder. Realmente estou sem tempo para dedicar aos meus selos, então não posso prometer quando vou conseguir lançar as folhas de 2016, mas vão sair sim, com certeza.
      Abraços

      Excluir
  49. Olá!

    Parabéns pelo trabalho, estou aguardando ansiosamente o Álbum 201¨6!
    Teu álbum me ajudou muito, e incentivou a retomar o hobby da filatelia após muitos anos.

    Atenciosamente,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronald, desculpe pela demora em responder. Assim que possível lanço as folhas de 2016, mas realmente estou com pouco tempo para me dedicar aos selos, em função do trabalho e dois filhos pequenos.
      Abraços

      Excluir
  50. Procurando informações sobre filatelia fui agraciada com esse blog.
    Parabéns e vou utilizar suas informações e álbum.
    Espero ser a primeira mensagem de muitas outras.
    Obrigada.
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, desculpe pela demora em responder. Que bom que gostastes. ESpero conseguir ter um pouco mais de tempo para os selos, estou sentido falta deles, hehehe.
      Abraços

      Excluir
  51. Saudações Rafael
    Aguardo ansioso pela postagem do ano 2016, graças a voce tenho tido horas muito agradáveis com a filatelia.
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto, desculpe pela demora em responder. Que bom que tem sido útil para você. Não vou prometer data, mas assim que possível disponibilizo as folhas de 2016.
      Abraços

      Excluir
  52. Boa tarde Rafael.

    É um prazer entrar em contato contigo.
    Quero parabenizá-lo e, ao mesmo tempo, agradecê-lo pela iniciativa de compartilhar o esforço do seu trabalho.

    Gostaria de saber qual substância você tem utilizado para fixar o ravid no papel.

    Sempre ao seu dispor,

    Oara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oara, desculpe pela demora em responder. Que bom que gostastes do álbum. Eu utilizo cola bastão. Seca rápido e não molha a folha, além de não ter perigo de escorrer.
      Abraços

      Excluir
    2. Oi Rafael por gentileza como eu poderia vender as coleções que minha filha recebeu de Franca, são coleções muito raras.brasileiras , francesa, Alemanha, Inglaterra, China, Arábia etc

      Excluir
    3. Olá, é um pouco complicado responder isso de um modo simples, mas a forma mais simples é ir a uma filatélica e pedir para avaliarem a coleção. Exceto que tenhas um material realmente excepcional, vão te pagar preço de banana. Diria que 99% dos selos que já foram emitidos valem centavos, e mesmo assim, em uma filatélica vão te oferecer um valor irrisório, mesmo para selos com bom valor (em torno de 10 a 20% do valor de mercado). Esta seria uma forma rápida de vender eles, mas, a não ser que tenhas certeza do material que tens, sugigo não fazer isso, pois a grande maioria dos comerciantes vão avaliar como pacotaria (ou seja, não vale a pena avaliar um por um, e provavelmente serão vendidos em pacotes de 100 ou duzentos selos aleatórios).
      A segunda forma seria colocar a venda em sites de venda (tipo Mercado Livre, OLX ou ebay). A problema disso é que é bem difícil vender toda a coleção de uma vez só, dificilmente vais encontrar alguém que coleciona os mesmos temas/países/épocas. Sendo assim, o ideal seria separar a coleção por países ou temas (dependendo de como ela foi montada) em lotes menores e colocar a venda nestes sites. Não vai adiantar colocar um valor alto, o ideal é colocar um valor baixo (em leilão) e ver como o mercado vai avaliar o seu material. Deixaria de fora destes lotes os selos realmente de alto valor, estes poderiam ser vendidos um a um, mas neste caso é importante saber exatamente o que se tem, pois quem coleciona selos geralmente não perdoa informações incorretas (principalmente chamar um selo de raro, só porque é antigo).
      Se quiser, podes enviar o seu email pelo formulário de contato que retorno com meu email para poderes enviar algumas imagens de selos que posso dizer se tem algo de valor ou se é apenas uma coleção com selos comuns.
      Geralmente, diz-se que, se o colecionador (no caso, de quem sua filha recebeu os selos) não invesitou algum valor considerável na coleção, é bem provável que não tenha selos de valor mais alto (claro que excessões podem acontecer).
      Abraços
      Rafael

      Excluir
  53. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  54. Boa tarde!
    Em primeiro lugar quero parabenizá-lo por este trabalho formidável pela confecção deste Álbum de Selos do Brasil. O material mais completo que já vi e vou adotá-lo na montagem do meu álbum.
    Uma curiosidade! Vc vai lançar o suplemeto do ano de 2016?
    Abraço: Sergio Carvalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sergio, desculpe pela demora em responder. Que bom que gostastes.
      Vou sim disponibilizar as folhas de 2016, só não sei quando, pois estou com pouco (na verdade, nenhum) tempo para me dedicar a filatelia, em função do trabalho e dois filhos pequenos, mas sai sim, espero que logo, hehehe
      Abraços

      Excluir
  55. Parabéns pelo excelente trabalho e obrigado.

    ResponderExcluir
  56. Oba! Chegaram as folhas 2016!!! Já baixei.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  57. Muito bom. Prestação de serviço espetacular. Incentivo. Obrigado Rafael

    ResponderExcluir
  58. Olá,

    Obrigado também pelo álbum de selos etiquetas.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  59. Rafael,

    O fórum indicado a seguir, com base na Espanha, tem vários links para folhas de álbum do mundo inteiro, mas não tem praticamente nada do Brasil. Imagino que eles gostariam muito de ter acesso às tuas folhas. Sugiro avaliares a possibilidade de contatá-los, caso queiras divulgar ainda mais o teu belo trabalho.

    http://filateliaactiva.forosactivos.net/

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronald, vou entrar em contato com eles, obrigado pela dica.
      Abraços

      Excluir
  60. Rogério Camargo13 de maio de 2017 05:22

    Muito obrigado pelo seu trabalho, está de parabéns, vai ficar na história de muitas coleções,quanto a estar sem tempo é normal em alguns períodos da vida, eu já dei vários stops temporários de emergência , até por bastante tempo, mas depois sempre volto. Não se esqueça que o seu álbum é o melhor é precisamos de você na filatelia. Não nos abandone.
    Deus abençoe sua vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rogério, obrigado. A intenção é continuar, mesmo com pouco tempo, devagarinho.
      Abraços

      Excluir
  61. Parabéns pelo trabalho, sei o quanto é difícil, ainda mais disponibilizando de graça, utilizo todos os seus álbuns, mais uma vez parabéns.

    ResponderExcluir
  62. Olá! Rafael.
    Adotei o seu álbum e estou começando a montar o meu álbum definitivo e estou gostando muito.
    Alguma previsão para lançamento do suplemento 2017?
    Forte abraço: Sergio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sergio, que bom que gostastes. Estou com metade pronto... a outra metade, bom, tenho que começar... em janeiro é certo que não vou conseguir fazer. De repente pra fevereiro consiga tirar um tempo e finalizar.
      Abraços

      Excluir
  63. Olá!
    Pretendes fazer o álbum de 2017? Aguardo ansiosamente!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronald, vai sair sim, só não sei ainda quando. Mais certo para o final de fevereiro, início de março. Estou com metade dele pronto, agora só falta conseguir tempo para finalizar.
      Abraços

      Excluir
  64. Parabéns pela iniciativa da montagem e pela disponibilização.
    Não quero ser cri-cri, está tudo perfeito e maravilhoso. Entretanto, gostaria de apenas dar uma ideia, de modo a contribuir mesmo que modestamente:
    - os arquivos em pdf do ano 2011 em diante estão vários com o mesmo nome ou com nome sem relação com o assunto. Ao os salvar se deve ter atenção para mudar o nome para não ficar se "salvando por cima" de um outro arquivo.
    Sugestão: dar uma revisada no nome dos arquivos gerados para se evitar repetições ou nome sem vínculo com o tema do arquivo.
    Um abraço e novamente meus parabéns,
    Gnobre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gnobre, que com que gostastes.
      Sobre a sua questão, para mim aparece correto o nome dos arquivos.
      Alguém mais poderia verificar se também está tendo este tipo de problema, pois não consegui identificar nada.

      Excluir
  65. Amigo, boa noite!
    Muito bom seu trabalho no álbum... Parabéns e obrigado por compartilhar!!!
    Uma pergunta: Por acaso não tem esse álbum com as imagens dos selos, tem?
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fábio, boa noite, e obrigado.
      Sobre o álbum com as imagens, infelizmente não tenho, e não tenho intenção de fazê-lo, por 3 motivos:
      - tempo para colocar a imagem de cada selo no álbum, além de ter que pesquisar uma imagem decente para cada um dos mais de 4.000 selos que compõem o álbum;
      - custo de impressão com as imagens (o custo da folha deve aumentar o dobro, na questão das tintas. Como eu mesmo faço a impressão, tenho que avaliar isso);
      - esteticamente não me agrada ter uma imagem por baixo do selo.

      Abraços

      Excluir
  66. Boa tarde Rafael. Os selos regulares você não disponibilizou nos álbuns? Ou eu não encontrei?

    Cláudio Pablos - Votuporanga/SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudio, boa tarde. Os regulares estão juntos nos respectivos anos de emissão, seguindo, mais ou menos, o catálogo RHM, junto com os comemorativos e blocos. Qual selo que não encontrastes?
      Ou falas de álbum somente de regulares?
      Abraços

      Excluir
  67. Na verdade descobri seu blog hoje e comecei a olhar, ainda superficialmente, observando o ano de 2002, que estou colocando agora no álbum, não consegui achar os regulares, mas é como eu falei, olhei ainda de forma superficial.

    Mesmo assim já deu para perceber o excelente trabalho que você desenvolve aqui.

    Vou olhar com mais atenção. E voltamos a nos falar.

    ResponderExcluir
  68. Rafael, olhando os álbuns com mais calma eu já encontrei. É porque eu imagei que eles estivessem separados por ano.

    De qualquer forma quero te parabenizar pelo maravilhoso trabalho.

    Também coleciono selos do mundo E selos do Brasil, me identifiquei muito com seu blog.

    Parabéns!!! Vamos nos falando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudio, obrigado pelo feedback. Caso encontre algum erro, por favor me avise.
      Abraços, e faça bom proveito.

      Excluir
  69. Muito obrigado amigo vc salvo mina coleção de selos pós não em com trava aubum tão coMileto

    ResponderExcluir
  70. Boa noite Rafael! Após muitas pesquisas acabei por escolher o seu álbum para substituir o meu já amarelado álbum da Tafisa! O seu trabalho é realmente fantástico e meus novos álbuns estão ficando show! Parabéns pelo primoroso trabalho!
    A propósito, que programa você utiliza para elaborar as folhas?
    Abraços,
    Marco Severo - São Paulo/SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marco, desculpe pela demora em retornar. Por algum motivo o blogger não me avisa mais de novos comentários.
      Sobre o programa, utilizo o CorelDraw.

      Excluir
  71. Boa tarde Rafael.
    Quero dar os parabéns pelo excelente trabalho, que por acaso a pesquisar na net descobri esta página.
    A minha dificuldade e com a folha de 1972 "Tipo Cifras" que eu não entendi.
    Queria a sua ajuda. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José, desculpe pela demora em retornar. Por algum motivo o blogger não me avisa mais de novos comentários.
      Qual a sua dificuldade, mais especificamente? Basicamente sigo a classificação do catálogo RHM.

      Excluir
  72. Ola,
    Sou colecionador muito iniciante em selos, gostaria de saber se tem algum link para o Catalogo RHM para download?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpe pela demora em retornar. Por algum motivo o blogger não me avisa mais de novos comentários.
      Infelizmente não conheço (e mesmo que conhecesse, não poderia divulgar, por infringir direitos autorais) nenhum link para download do catálogo RHM.
      No entanto, podes se cadastrar direto no site do editor (www.oselo.com.br) que teras acesso a um catálogo mais básico, mas que pode ser util.
      Também indico o catálogo CCD (www.catalogoccd.com.br), que poderás classificar seus selos sem problemas.
      Abraços, espero ter ajudado.

      Excluir
  73. Oi Rafael. Tem previsão para as folhas de 2018? Saudações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpe pela demora em retornar. Por algum motivo o blogger não me avisa mais de novos comentários.
      Consegui finalizar hoje elas, hehehe.

      Excluir
  74. Rafael, parabéns pelo seu trabalho e dedicação em ajudar aos novos filatelistas pela disponibilidade dos álbuns.
    Saudações

    ResponderExcluir
  75. Bom dia, você vai disponibilizar o álbum de 2018 também? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Casualmente consegui finalizar hoje o suplemento 2018.
      Espero que gostes.
      Abraços

      Excluir
  76. ENTREI NO SITE HOJE E FELICITO O SR. EDITOR , RAFAEL, PELO TRABALHO E DEDIÇÃO Á CAUSA FILATELICA . CONFORME DITO, HOJE IMPRIMI AS FOLHAS DE SELOS DO BRASIL DE 2013/2018 . ANTES, JA ACESSADO UM OUTRO SITE ( PHILATELICA) CUA EDIÇÃO DE FOLHAS COLORIDAS PAROU EM 2013 . OBRIGADO .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos, obrigado, e que possa lhe ser útil para sua coleção.
      Um grande abraço

      Excluir
  77. Caro Rafael, parabéns pelo belíssimo trabalho. Certamente é uma valiosa contribuição para a filatelia brasileira. Vou imprimir todo o álbum em folhas A4 de 180g e surgiu uma dúvida: o fato de utilizar folhas comuns (não acid free) traz algum problema futuro para os selos? Ainda, mais ou menos por quanto tempo as folhas se mantém sem amarelamento se guardadas em sacos plásticos e arquivadas em pastas? Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, desculpe pela demora em responder. Sobre as suas dúvidas:
      - folhas comuns: eu acredito (sem comprovação científica) que se os selos estiverem em protetores, ficarão a salvo da alcalinidade da folha.
      - sobre o tempo de armazenamento: eu já tenho folhas guardadas há uns 10 anos e continuam em perfeito estado.

      Excluir
  78. Parabéns pelo trabalho. Estou iniciando na filatelia, e gostei muito da ideia do álbum. Só tenho dúvidas de como 'colar' o selo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola. Na verdade, não se "cola" os selos nas folhas. Utiliza-se protetores específicos para selos (alguns chamam de Hawids, que na verdade é uma marca de protetores). Tem com fundo preto e fundo transparente, e coloca-se o selo dentro deste protetor, e o protetor que é colado no álbum. Depois, pode-se tirar o selo, sem problemas do protetor. Não sei se consegui ser claro. Caso não tenha sido, me avise que tento fazer uma postagem com fotos sobre isso.
      Abraços

      Excluir
  79. Muito bom trabalho. Meus parabéns pela dedicação a causa filatélica.

    ResponderExcluir
  80. Muito bom trabalho. Parabéns pelo espirito comunitário e colaborativo da filatelia.

    ResponderExcluir
  81. Boa noite
    Não vi nas folhas de selos personalizados o selo do Sport Club Corinthians Paulista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reginaldo, está no arquivo Personalizados 2000-2012, página 17.
      Abraços
      Rafael

      Excluir